EPM celebra convênio com a Escola da Magistratura do Espírito Santo

Acordo visa propiciar o aprimoramento de magistrados.

 

A Escola Paulista da Magistratura (EPM) e a Escola da Magistratura do Espírito Santo (EMES) firmaram ontem (18), um convênio de cooperação acadêmica e tecnológica e de prática judiciária para capacitação e atualização de magistrados. O objetivo é promover o intercâmbio de conhecimentos, informações e experiências entre as escolas, e possibilitar a realização de cursos e eventos de interesse comum.

 

O documento foi assinado na EPM pelo seu diretor, desembargador Antonio Carlos Villen, e pelo diretor da EMES, desembargador Samuel Meira Brasil Junior. Na oportunidade, o diretor da EPM falou sobre as atividades da Escola, em especial o ensino a distância, e foram discutidas iniciativas de cooperação entre as instituições.